Festival de Havana busca em Gramado acesso aos curtas brasileiros

CURTAS

Com um intercâmbio consolidado com Gramado ao longo dos últimos anos, o Festival de Cinema de Havana aposta, neste 2017, em converter a presença de um de seus programadores na serra gaúcha em uma participação maior de curtas-metragens brasileiros na programação do evento, que ocorre de 8 a 17 de dezembro na capital cubana.

“Estou bastante centrado em acompanhar a programação em Gramado, sobretudo das mostras de curtas gaúchos e brasileiros”, revela o programador de Havana Alberto Ruiz.

O principal festival cubano – um irmão mais novo de Gramado, já que no próximo ano chegará a sua 40ª edição – tem uma janela generosa para os filmes de pequena duração, com competições separadas para curtas de ficção e documentários e ainda uma mostra paralela chamada “La hora del corto”, que exibe produções excepcionais que não chegaram a tempo de entrar na seleção competitiva.

“É uma forma muito interessante de acompanharmos a renovação do cinema; os curtas revelam talentos emergentes”, justifica Ruiz.

O festival está com as inscrições abertas até o final do mês e é possível enviar material pela internet, sem a necessidade de mídia física, explica o programador. Caminhando pelos espaços do 45º festival de Cinema de Gramado, Alberto Ruiz procura encontrar-se pessoalmente com realizadores e convidar a que submetam suas obras para a seleção em Havana: “Há muitos filmes por alguma razão não chegam ao escritório, não puderam participar da seleção. Então estar em outro festival possibilita assisti-los e ver se é possível leva-los para lá”.

Ele também aproveita para conversar com representantes de outros festivais que estão na serra gaúcha para trocar ideias sobre os eventos de cinema e sobre a própria produção audiovisual latino-americana.

“Gramado é um espaço privilegiado em que estás com colegas, agentes de distribuição, com o pessoal criativo e podes estabelecer contatos muito produtivos”, concluiu.

Ministério da Cultura, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, BNDES, Golden Gramado e KM de Vantagens Ipiranga apresentam o 45º Festival de Cinema de Gramado. Lei de Incentivo à Cultura. Patrocínio: Net e Claro e Stella Artois. Copatrocínio: Banrisul – Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Todos pelo Rio Grande. Apoio especial: Museu do Festival de Cinema de Gramado e CVC, sempre com você. Apoio: Stemac, Grupo Geradores, Lugano, Laghetto Hotéis, Kia, NaymarmCiaRio, O2 Pós, Cristais de Gramado, Net Sul, Bafo na Nuca Música, Canal Brasil, RBS TV, Estação Filmes e Gramado Professional Hair. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine, ACCIRS, IECINE, APTC/ABD RS e SIAV. Agência Oficial: Vento Sul Turismo. Ingressos: Imply. Agente Cultural: Mais Além Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento Pró-Cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Ministério da Cultura, Brasil, Governo Federal.

LIC
APRESENTADOR
BB
PATROCÍNIO
BANRISUL
COPATROCÍNIO
PATAGONIA
HAVAN
EXIBIDOR OFICIAL
CANAL BRASIL
MEDIA PARTNER
RBS TV
SBT
HOSPEDAGEM OFICIAL
LAGHETTO
OPERADORA OFICIAL
CLARO
APOIO
GLOBO FILMES
NESCAFÉ
STEMAC
TELECINE
NAYMOVIE
BODEGA DANTE
MIOLO
O2
BLONDE
TANQUERAY
HASAM
KIA
APOIO INSTITUCIONAL
MUSEU
ACCIRS
APTC
SIAVRS
fundacine
recreio
IECINE
assembleia legislativa
COLABORADOR
CHOCOLATE GRAMADENSE
AGENTE CULTURAL
AM PRODUÇÕES
PROMOÇÃO
PREFEITURA
FINANCIAMENTO
FINANCIAMENTO
REALIZAÇÃO
gramadotur
ANCINE
MIN CULTURA

0917
AGOSTO
2Ø24