‘Espejuelos Oscuros’é o quarto longa dirigido por uma mulher em Cuba

‘Espejuelos Oscuros’é o quarto longa dirigido por uma mulher em Cuba

A noite que abriu a competição latino-americana no 44º Fetsival de Cinema de Gramado, na segunda-feira, 29 de agosto, apresentou o longa-metragem de estreia da diretora cubana Jessica Rodríguez, ‘Espejuelos Oscuros’, que enfoca a relação entre uma mulher feita refém por um delinqüente e suas estratégias para distraí-lo e preservar sua vida e integridade.

“É um filme feito de forma totalmente independente, com pouco orçamento”, introduziu Jessica.

Mas o desafio de realizá-lo não foi apenas financeiro, prosseguiu a jovem cineasta, que vive em Madri, na Espanha. “Com toda a tradição cinematográfica que Cuba tem, este é apenas o quatro longa-metragem feito por uma mulher na ilha”, apontou.

Outro filme que trouxe para o Palácio dos Festivais a temática da exclusão e do gênero, ainda que desde outro ponto de vista, foi o curta-metragem ‘Ingrid’, do diretor Maick Hannder. O documentário é um depoimento da personagem título, que estava em Gramado. “Meu nome é Ingrid, tenho 28 anos, moro em Betin, na região metropolitana de Belo Horizonte. Sou atriz e transexual e, em um país onde a expectativa de vida da população trans é de 35 anos, em tese, me sobram sete para viver”, lamentou a mulher, emocionada, entretanto, com a oportunidade de dar visibilidade para essa situação.

O outro curta-metragem da noite foi ‘O ex-mágico’, uma animação dirigida por Mauricio Nunes e Olimpio Costa baseada em um conto de Murilo Rubião. “É um escritor mineiro precursor da literatura fantástica no Brasil, aclamado pela crítica mas infelizmente pouco conhecido pelo público. Espero que esse filme ajude a mudar essa realidade”, observou um dos diretores.

O segundo longa-metragem que estava programado para a noite de segunda não pode ser projetado por imprevistos técnicos. A obra ‘Las toninas van al Este’ será exibido em nova sessão a ser anunciada em breve. No lugar do longa uruguaio, foi exibido novamente ‘Mammal’, que teve a primeira apresentação no evento durante a tarde, na sessão Sundance, que contou com a participação da premiada atriz australiana Rachel Griffiths.

Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura apresentam o 44º Festival de Cinema de Gramado. Patrocínio: BNDES, Stella Artois e Petrobras, e copatrocínio do Banrisul - Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Todos pelo Rio Grande. Apoio especial: Sundance Channel e Snowland. Apoio: Caracol Chocolates, Stemac, Lojas Pompéia, More Bass, G2 Net Sul, CiaRio, O2 Produções, Canal Brasil, Revista de Cinema, RBSTV, CVC, FreeCharge e Savarauto. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine, ACCIRS, IECINE, APTC e SIAV, TVE e FM Cultura. Agência Oficial: BusTour. Ingressos: Imply. Direção Artística: Histórias Incríveis. Agente Cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento: Pró-Cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Ministério da Cultura, Governo Federal.

 

Foto: Cleiton Thiele/Agência PressPhoto

Outras Notícias: