Gramado abre 44º Festival de Cinema celebrando interesse crescente no evento

Gramado abre 44º Festival de Cinema celebrando interesse crescente no evento

O mais antigo festival de cinema em atividade ininterrupta no Brasil – Gramado – abriu sua 44ª edição celebrando o interesse crescente que desperta entre produtores audiovisuais do Brasil e da América Latina. “Batemos todos os recordes em 2016, com 931 filmes inscritos”, contabilizou o presidente da Gramadotur, autarquia municipal dedicada à realização de eventos na cidade, João Pedro Till.

Além do Brasil, outros nove países estão representados na mostra competitiva de longas-metragens estrangeiros. Mais de 300 jornalistas se credenciaram para cobrir o evento, que é acompanhado de perto por 150 veículos de comunicação.

Números que revelam a grandiosidade do evento e reafirmam sua importância, não só para a identidade cultural do Rio Grande do Sul e do Brasil, mas também como polo de desenvolvimento da economia. “Este é o evento que mais propagou a imagem da nossa cidade no país”, reconheceu o profeito, Nestor Tissot.

Foi justamente esse o eixo central do discurso do ministro da Cultura, Marcelo Calero. “A cultura é um eixo estratégico de desenvolvimento, porque gera emprego, renda e impostos para induzir outras áreas”, defendeu.

Foi a primeira vez na história do festival que um ministro da Cultura prestigiou a cerimônia de abertura. “Sua presença aqui hoje transforma Gramado na capital nacional da Cultura”, elogiou o secretário estadual de Turismo e Cultura, Victor Hugo.

Elogio às leis de incentivo à cultura

Em sua fala, Calero assegurou ainda a manutenção e o fortalecimento da Lei Rouanet, que garante benefícios fiscais a empresas que invistam em cultura. “Nunca vai terminar, embora seja essencial a sua modernização”, pontuou.

O secretário estadual de Turismo e Cultura, Victor Hugo, também reconheceu a importância da Lei de Incentivo à Cultura do Rio Grande do Sul e do trabalho desenvolvido pelo Conselho Estadual da Cultura, que analisa os projetos inscritos. “Neste Estado, governo e conselho trabalham juntos pelo desenvolvimento cultural”, afiançou.

Autoridades projetam 45 anos

A proximidade da edição de número 45, que será realizada em 2017, levou autoridades a projetarem o momento histórico. “Sou um sonhador como muitos que estão aqui e por isso desejo de alma, coração e pensamento que estejamos todos aqui nos 45 anos. Vamos olhar para frente e reverenciar o passado”, celebrou Victor Hugo.

A festa de abertura encerrou com a execução de canções das trilhas sonoras do filme Os Miseráveis e da série de televisão Game Of Thrones pela Orquestra Sinfônica de Gramado, que foi muito aplaudida pelo público.

Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura apresentam o 44º Festival de Cinema de Gramado. Patrocínio: BNDES, Stella Artois e Petrobras, e copatrocínio do Banrisul - Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Todos pelo Rio Grande. Apoio especial: Sundance Channel e Snowland. Apoio: Caracol Chocolates, Stemac, Lojas Pompéia, More Bass, G2 Net Sul, CiaRio, O2 Produções, Canal Brasil, Revista de Cinema, RBSTV, CVC, FreeCharge e Savarauto. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine, ACCIRS, IECINE, APTC e SIAV, TVE e FM Cultura. Agência Oficial: BusTour. Ingressos: Imply. Direção Artística: Histórias Incríveis. Agente Cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento: Pró-Cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Ministério da Cultura, Governo Federal.

Foto: Edison Vara/Pressphoto

 

Outras Notícias: