Comédia argentina quebra sequência de dramas na mostra estrangeira

Comédia argentina quebra sequência de dramas na mostra estrangeira

A exibição de “Campaña Antiargentina”, o longa-metragem de estreia do diretor Ale Parisow rompeu, na noite de quarta-feira, 31 de agosto, a sequência de dramas que vinham sendo apresentados na mostra competitiva estrangeira neste 44º Festival de Cinema de Gramado.

A comédia escrachada retrata a paranoia de um argentino que acredita haver uma campanha para acabar com o país e o orgulho nacional. “Nós exageramos por vezes essa condição de argentinos e nesse filme quisemos poder rir dessa característica, que muitas vezes pode ser até perigosa”, explicou o roteirista, que faz uma ponta no próprio filme, Pablo Marchetti.

Na tela, recursos do cinema de ficção tradicional se misturam a técnicas de documentário, com depoimentos em primeira pessoa dados para a câmera e muitas imagens de arquivo, que propositalmente confundem o espectador, explicou o diretor: “Há muito material real, mas tudo manipulado para ajudar a construir essa trama conspiratória”.

O filme foi financiado por um edital do Instituto Nacional de Cinema da Argentina exclusivo para diretores estreantes embora Ale Parisow acumule uma experiência de mais de 20 anos como montador. “Também pelo grau de exigência que o diretor tinha para construir essa narrativa com tantos elementos distintos, a pós produção do filme demorou muito tempo para ser concluída”, acrescentou o produtor Nicolás Batlle.

“Campaña Antiargentina” foi o quarto longa-metragem estrangeiro a ser exibido na mostra competitiva do festival. Antes dele, passaram pela tela do cinema “Espejuelos Oscuros”, de Cuba, “Carga Sellada” da Bolívia, e “Guaraní”, do Paraguai.

Esta noite, o 44º Festival de Cinema de Gramado exibe “Las Toninas van al Este”, do Uruguai, e Esteros, uma co-produção entre Argentina e Brasil. Amanhã chega ao fim a mostra competitiva com a projeção da chilena “Sin Norte”.

Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura apresentam o 44º Festival de Cinema de Gramado. Patrocínio: BNDES, Stella Artois e Petrobras, e copatrocínio do Banrisul - Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Todos pelo Rio Grande. Apoio especial: Sundance Channel e Snowland. Apoio: Caracol Chocolates, Stemac, Lojas Pompéia, More Bass, G2 Net Sul, CiaRio, O2 Produções, Canal Brasil, Revista de Cinema, RBSTV, CVC, FreeCharge e Savarauto. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundacine, ACCIRS, IECINE, APTC e SIAV, TVE e FM Cultura. Agência Oficial: BusTour. Ingressos: Imply. Direção Artística: Histórias Incríveis. Agente Cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento: Pró-Cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Ministério da Cultura, Governo Federal.

Foto: Cleiton Thiele/Agência PressPhoto

Outras Notícias: